Dados do Projeto de Pesquisa

LITERATURA (41001010013P4)
A PERSISTÊNCIA DO DRAMA ENQUANTO GÊNERO DE ENGAJAMENTO CRÍTICO SOB A ÉGIDE DOMINANTE DA PÓS-MODERNIDADE
01/09/2017
PESQUISA
EM ANDAMENTO
Este projeto de pesquisa pretende verificar três instâncias da escrita dramática contemporânea, que estão contempladas como as áreas de pesquisa do NEEDRAM. Em primeiro lugar uma questão propriamente ontológica: o drama ainda é possível hoje em pleno século XXI? Mesmo com a defesa da supremacia do épico por Szondi e do pós-dramático por Lehmann, ainda se pode reconhecer o dramático enquanto gênero literário/teatral dentro de uma hibridez toda particular? A partir da defesa desta possibilidade, amparada nos estudos semióticos de Ubersfeld, no conceito de drama aberto/fechado de Klotz e na visão abrangente do drama de Sarrazac, parte-se para a sua justificativa e legitimação a partir de seu caráter crítico amparado nos estudos de pensadores marxistas. Busca-se então uma poética dramática marxista. Não aquela de Lúkacs que insiste no estilo realista como a conditio sine qua non da arte revolucionária, mas a de Shklovsky com seu conceito de остранение (estranhamento) e a de Adorno com a sua dialética negativa. Para tanto, vai se buscar apoio em pensadores marxistas do calibre de Louis Althusser, Raymond Williams, Alain Badiou e Terry Eagleton, que têm muito a contribuir com esta possível poética. E por fim, a passagem do texto à cena, e o quanto desta contribuição crítica do drama se materializa, no entendimento de que o drama se completa apenas no momento de sua encenação teatral. Esta verificação vai se dar através do meu pós-doutorado junto à Wiener Wortstaetten em Viena, Áustria, uma escola de escrita dramática que se preocupa não apenas em instrumentalizar os dramaturgos mas também em escoar os textos para serem encenados por teatros de língua alemã na Europa.

Histórico de Linhas de Pesquisa

Linha de Pesquisa Área de Concentração Data de Início
TEXTUALIDADES HÍBRIDAS LITERATURAS 01/09/2017

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MARCIO CABRAL DA SILVA Discente - Mestrado 01/03/2018 -
PAULO RICARDO BERTON (Responsável pelo Projeto) Docente - PERMANENTE 01/09/2017 -

Financiadores