Dados do Projeto de Pesquisa

LETRAS (23002018004P7)
Saber, poder e subjetividade: por uma arquegenealogia dos discursos digitais
01/01/2017
PESQUISA
EM ANDAMENTO
O presente projeto objetiva, a partir da análise dos diferentes discursos que circulam na mídia digital, investigar os modos por meio dos quais os saberes, poderes entram em jogo para a construção das subjetividades no âmbito deste espaço. Para tanto, tomamos como aporte teórico as discussões desenvolvidas pelo filósofo francês Michel Foucault, cuja obra apresenta uma multiplicidade de temas e abordagens que escapa a qualquer tipo de classificação. Uma vez que dialogou com diversas áreas, as teorizações desse autor francês borram as fronteiras entre as disciplinas e as várias vertentes do saber; além disso, as voltas e reviravoltas que o autor empreendeu na constituição de suas reflexões (cf. REVEL, 2005) dificultam, sobremaneira, a inserção de Foucault num dado campo teórico-filosófico. No entanto, é possível pensar com Foucault sobre temas que não foram necessariamente estudados por ele, na medida em que as reflexões desse autor se mostram prodigiosas no exame de práticas e discursos situados em vários momentos históricos. Dessa maneira, as discussões acerca das tecnologias digitais não constituíram uma preocupação para Foucault, uma vez que o autor não vivenciou essa realidade, haja vista o seu desaparecimento físico, no começo dos anos de 1980. Por outro lado, em função do caráter amplo das investigações de Foucault, no que concerne especialmente aos múltiplos saberes que constroem as subjetividades no decorrer da história, é possível pensar os fenômenos da atualidade sob as lentes foucaultianas. Para tanto, o projeto contempla a análise de diferentes materialidades presentes no espaço digital, a exemplo de postagens nas diversas redes de interconexão digital e em notícias e outras materialidades pertencentes ao campo jornalístico. Em linhas gerais, preocupa-nos pensar nas mais variadas práticas e discursos que constituem o sujeito na rede digital. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa se enquadra num viés descritivo-interpretativo, cuja abordagem é essencialmente qualitativa. O método analítico é o arquegenealógico, conforme preconizam as abordagens foucaultianas. As análises a serem realizadas na pesquisa irão recobrir cinco eixos temáticos, quais sejam: corpo, amor, beleza, (in)tolerância e sexualidade. Esses eixos constituem trajetos temáticos que guiarão a imersão no corpus de pesquisa. Por meio desse trajeto, importa-nos investigar os modos através dos quais o sujeito contemporâneo se constitui no ambiente digital, considerando a práticas, os saberes e poderes da atualidade que recobrem esse espaço, de modo a caracterizá-lo.

Histórico de Linhas de Pesquisa

Linha de Pesquisa Área de Concentração Data de Início
DISCURSO, MEMORIA E IDENTIDADE ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO 02/01/2017

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FRANCISCO VIEIRA DA SILVA (Responsável pelo Projeto) Docente 01/01/2017 -
GLENIO RODRIGUES RIBEIRO NETO Discente - Mestrado 25/06/2018 -
IZAIAS SERAFIM DE LIMA NETO Discente - Mestrado 26/06/2018 -
KALEM KANYK FERNANDES GOMES Discente - Mestrado 25/06/2018 -
LIVIA ALVES MONTEIRO CARLOS Discente - Mestrado 22/05/2017 21/05/2019
LUAN ALVES MONTEIRO CARLOS Discente - Mestrado 22/05/2017 21/05/2019
PAMELLA ROCHELLE ROCHANNE DIAS DE OLIVEIRA Discente - Doutorado 25/06/2018 -

Financiadores