Dados do Projeto de Pesquisa

EDUCAÇÃO, CULTURA E COMUNICAÇÃO (31004016051P0)
QUALIDADE E COTIDIANO ESCOLAR: AVALIAÇÃO, CURRÍCULO E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS
09/07/2013
PESQUISA
EM ANDAMENTO
Esta linha de investigação tem por finalidade focalizar as práticas pedagógicas do professor em sala de aula, discutindo o campo da avaliação institucional, sistêmica e escolar, principalmente pela centralidade que tal campo tem assumido nas políticas públicas nacionais e gerado repercussões diversas no cotidiano das escolas. Nossas preocupações recaem, especificamente, sobre as correlações entre currículo e avaliação, avaliação e qualidade, conhecimento e qualidade, com ênfase sobre a complexidade da avaliação na contemporaneidade, principalmente pela ampliação das políticas públicas como indutoras do trabalho pedagógico docente e provocadoras de reconfigurações do currículo escolar. As pesquisas em andamento (“Implicações da Prova Brasil/IDEB na escola de Educação Básica: impasses, possibilidades e desafios das avaliações externas na melhoria da qualidade da educação de escolas da Baixada Fluminense” e “Repercussões do IDEB e da Prova Brasil na Escola: um olhar sobre as implicações dos resultados em Língua Portuguesa no currículo na prática pedagógica do professor do ensino fundamental”) objetivam, resguardando suas especificidades, analisar os contextos de apropriação, divulgação, interpretação, análise e impactos dos resultados da Prova Brasil e do IDEB no trabalho pedagógico da escola e de seus professores nos sistemas públicos de educação, identificando e compreendendo de que forma as avaliações externas (em larga escala) interferem nas práticas pedagógicas dos docentes. A segunda pesquisa insere-se na Pesquisa Observatório das Periferias Urbanas (CAPES/INEP/OBEDUC). Os eixos de investigação inscrevem-se nos referenciais teórico-metodológicos articulados com estudos do cotidiano, perspectivando diálogos com referências teóricas dos estudos subalternos e pós-coloniais, compreendendo a contemporaneidade como momento de transição paradigmática e diversa na construção epistemológica localizada, principalmente, nas periferias urbanas. Dialogamos, ainda, com contribuições do paradigma indiciário na prospecção dos procedimentos metodológicos de acesso, sistematização e interpretação dos dados de pesquisa. Com isso, busca-se perceber movimentos instituintes rumo à construção de processos de avaliação e de concepções de qualidade ancorados em propostas alternativas e contrarregulatórias, o que implica em movimentos emancipatórios, heterogêneos e diversos.

Histórico de Linhas de Pesquisa

Linha de Pesquisa Área de Concentração Data de Início
EDUCAÇÃO, ESCOLA E SEUS SUJEITOS SOCIAIS EDUCAÇÃO, CULTURA E COMUNICAÇÃO EM PERIFERIAS URBANAS 09/07/2013

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANDRE DIAS PIRES Discente - Mestrado 09/07/2013 16/06/2015
CARLA BORGES DE ALMEIDA Discente - Mestrado 09/07/2013 01/04/2015
DIOGO SILVA DO NASCIMENTO Discente - Mestrado 09/07/2013 05/05/2015
ELCIO ARIAN DO CARMO CUNHA Discente - Mestrado 17/03/2014 17/06/2016
ERIKA PEDREIRA DA SILVA Discente - Mestrado 17/03/2014 29/06/2016
IVANILDO AMARO DE ARAUJO (Responsável pelo Projeto) Docente 09/07/2013 -
LIGIA SISTO DOS SANTOS Discente - Mestrado 09/07/2013 22/09/2015
RENATO SIMOES MOREIRA Discente - Mestrado 17/03/2014 05/04/2016
TIAGO ALVES PEREIRA Discente - Mestrado 17/03/2014 14/09/2016

Financiadores