Dados do Programa

Dinter
190815/2014
05/03/2016 a 05/04/2019

Detalhamento do Programa

9
28/02/2020
Viçosa - MG

Ações Desenvolvidas no Projeto

Considerando as linhas de pesquisa do PPGCN/DNS/UFV e as especialidades de seus docentes, os profissionais que irão desenvolver seu treinamento de doutorado nessa proposta Dinter realizarão atividades acadêmicas de interesse para o desenvolvimento das áreas de Nutrição, Medicina e Enfermagem da UFT. As atividades serão desenvolvidas na instituição promotora, durante o estágio obrigatório, e também na instituição receptora, onde os conhecimentos adquiridos serão aplicados em atividades de ensino, extensão e pesquisa. Os doutorandos irão desenvolver projetos que tenham interface com as linhas de pesquisa do PPGCN/DNS/UFV, que são compatíveis com as atividades do setor de saúde de Palmas e com as atividades acadêmicas nas áreas de Nutrição, Medicina e Enfermagem da UFT, habilitando essa instituição a se tornar um centro de referência nesse setor. Assim, o objetivo principal do PPGCN/DNS/UFV nessa proposta Dinter é capacitar profissionais da UFT para atuarem nas diferentes áreas abrangidas pela Nutrição, Medicina e Enfermagem, promovendo o desenvolvimento da instituição receptora e dos setores de saúde da região. Ainda, considerando que os doutorandos dessa proposta Dinter irão integrar o corpo discente do PPGCN, os objetivos também são compatíveis com as metas desse programa, que são: a) favorecer a produção científica dos docentes pesquisadores da UFT e b) incentivar o estabelecimento de parcerias entre os grupos de docentes da UFT, investindo nas pesquisas ligadas ao ensino e à Ciência da Nutrição. Como os demais discentes de doutorado do PPGCN/DNS/UFV, os candidatos selecionados deverão cumprir 48 créditos, a serem distribuídos em disciplinas da área de concentração (mínimo de 50%) e de domínio conexo. Desse total, 24 créditos provenientes de cursos de Mestrado poderão ser aproveitados, após análise da Comissão Coordenadora. Apenas a disciplina NUT 798 - Seminário II é de caráter obrigatório para todos os discentes, que devem cursá-la em dois semestres para obtenção de 2 créditos. Entretanto, para otimizar o cumprimento dos créditos, disciplinas oferecidas pelos orientadores envolvidos na proposta serão selecionadas e oferecidas na modalidade concentrada na instituição receptora, durante o primeiro e segundo semestres de desenvolvimento das atividades (detalhados no item 10.1. Cronograma). Outras disciplinas serão selecionadas considerando o perfil dos candidatos aprovados; nesse sentido, alguns temas específicos poderão ser contemplados em disciplinas denominadas Tópicos Especiais ou Problemas Especiais. Após cumprimento de todos os créditos, os discentes deverão ser matriculados na disciplina NUT 799 Pesquisa, para regularização da situação acadêmica na UFV. No processo de seleção, o candidato apresentará um pré-projeto, que será discutido e aprimorado com sua comissão orientadora e apresentado na disciplina NUT 798 - Seminário, quando cursada pela segunda vez. A qualificação de todos os discentes deverá ocorrer até o final do quarto ano do curso, onde o discente apresentará uma monografia contendo a revisão bibliográfica, os resultados obtidos, a discussão, e o planejamento previsto para finalização de sua pesquisa. Considerando as atividades descritas nesse plano acadêmico, as seguintes metas são: 1. Seleção de candidatos aptos a cursarem o curso de doutorado no âmbito do Dinter, seguindo os mesmos critérios determinados na seleção convencional do PPGCN/UFV; 2. Oferecer disciplinas da área de concentração no primeiro e no segundo semestres de atividades na Instituição receptora, permitindo o cumprimento de grande parte dos créditos exigidos; 3. Oferecer condições necessárias para o desenvolvimento do estágio obrigatório na Instituição Promotora, durante um período mínimo de 6 meses para: cumprimento do restante dos créditos exigidos, definição e apresentação do projeto de pesquisa, participação de atividades acadêmicas do Programa, e padronização de metodologias a serem empregadas nos experimentos, que serão desenvolvidos na Instituição Receptora; 4. Estabelecer linhas de pesquisa de interesse institucional e regional na UFT, consolidando parcerias já existentes e entre as instituições, promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico; 5. Formar um grupo de doutores capacitados em áreas estratégicas do desenvolvimento científico e tecnológico para a região de Palmas/TO, consolidando a UFT como referência na área de ciências da saúde, e dar início a um Programa de Pós-Graduação com a colaboração do PPGCN/UFV. Critérios e sistemática de seleção dos alunos Os candidatos para integrarem o corpo discente de doutorandos do PPGCN/UFV via DINTER UFV-UFT deverão ser selecionados com base nos mesmos critérios e protocolos aplicados na Instituição Promotora, conforme preconizado pela CAPES. O processo de seleção será realizado na Instituição Promotora, prevendo a entrada de 13 discentes, e contará com as seguintes etapas: 1. Após aprovação da proposta e regularização oficial pela CAPES, os candidatos deverão se inscrever via sistema da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFV, mencionando tratar-se de uma proposta Dinter. Será estimulado o contato prévio com possíveis orientadores considerando as atividades de pesquisa em desenvolvimento e afinidades profissionais. Para seleção de Doutorado, os candidatos deverão apresentar pré-projeto de pesquisa e currículo documentado (modelos disponibilizados na página do Programa), além de documentos exigidos oficialmente pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFV (PPG-UFV); 2. Uma comissão de seleção será formada, sendo composta por 3 membros da Instituição Promotora, sendo um deles o possível orientador, todos envolvidos em atividades de orientação e/ou coordenação do PPGCN/UFV e da proposta Dinter. Essa comissão irá definir um calendário de seleção, onde todas as etapas serão definidas em dias e horários específicos; 3. Os candidatos com inscrições homologadas pelo PPGCN serão avaliados pela comissão de seleção após as seguintes etapas: 3.1. Apresentação do pré-projeto. O candidato apresentará seu pré-projeto para a comissão de seleção (20 min), que em seguida irá desenvolver uma arguição sobre o material apresentado, e conhecimentos gerais. O pré-projeto de pesquisa será avaliado quanto aos seguintes aspectos – forma, conteúdo, qualidade técnico-científico da proposta, coerência, exequibilidade e adequação à linha de pesquisa pretendida. 3.2. Análise do curriculum vitae. A Comissão de Seleção irá realizar a pontuação dos currículos dos candidatos, conforme modelo e critérios descritos na página do PPGCN/UFV. 3.3. Entrevista com o(s) possível(eis) orientador(es). Será pontuado de 0-100 pontos. 4. Todos os membros irão atribuir notas à apresentação e defesa do pré-projeto (100 pontos), análise dos CVs. (100 pontos) e entrevista (100 pontos). As médias finais serão calculadas e será considerado aprovado o candidato que alcançar a média final 60,0 e houver disponibilidade de orientação. A disponibilidade de orientação por parte do corpo de professores orientadores do PPGCN/UFV será definida de acordo com os números de orientações em andamento e critérios de produtividade, conforme o regimento interno do Programa. 7.3. Estrutura básica da programação Disciplinas a serem ofertadas Para capacitar os alunos, o PPGCN conta com 31 disciplinas dentro do elenco que caracteriza o campo de estudo do Programa. O estudante deve obrigatoriamente cursar no mínimo 50% dos créditos dentro dessa área, conforme indicação do Orientador, de forma a atender melhor a formação do aluno. A integralização dos 48 créditos para o doutorado pode ser obtida cursando disciplinas da própria área de concentração ou disciplinas afins, do domínio conexo, de acordo com o plano de estudo do aluno. Essas disciplinas por serem de caráter interdisciplinar, são consideradas convenientes ou necessárias para completar a formação do estudante. Do total de crédito a serem cursados, 20% poderá ser em outra Instituição dentre elas a UFT. Assim, o plano de estudo de cada estudante é elaborado para prover um domínio compreensivo nas áreas do conhecimento da nutrição, capacitando-o a conduzir trabalhos com independência intelectual e criatividade, valorizando o trabalho interdisciplinar e em equipe. Em 2013, disponibilizamos 9 disciplinas codificadas como Tópicos Especiais e 5 como Problemas Especiais. Na primeira modalidade, é uma disciplina de oferecimento não regular, ministrada por professores visitantes ou da própria instituição, concentrada ou não. Conteúdo variável abrangendo temas importantes para a formação global do estudante, não abordados em disciplinas regulares da UFV. No caso de Problemas Especiais, é uma disciplina de oferecimento não regular que visa oferecer ao aluno a oportunidade de estudar temas de seu interesse relacionado com a área especifica de pesquisa e julgado de importância para sua formação. Desta maneira, visto as especificidades dos temas de trabalho dos alunos e com o objetivo de propiciar uma formação mais específica e de qualidade é que optamos pelo oferecimento de tais disciplinas. Há uma orientação interna que, se esta disciplina é oferecida por mais de 2 vezes, isso implica em torná-la de oferecimento regular. Disciplinas que serão oferecidas pela UFV: Necessidades e Recomendações Nutricionais Biodisponibilidade de Minerais Qualidade de Proteínas Vitaminas em Alimentos Higiene e Segurança Alimentar dos Alimentos Processos Metabólicos e Nutricionais dos Lipídios Dietética Aplicada Métodos de Investigação em Ergonomia e Saúde no Trabalho Saúde Ocupacional e Qualidade de Vida no Trabalho Compostos Bioativos dos Alimentos na Saúde Humana Nutrição nas Alterações Endócrinas e Metabólicas Determinação e Aplicação de Índice Glicêmico Genômica Nutricional nas Doenças Crônicas Não Transmissíveis Políticas de Promoção da Saúde Epidemiologia Nutricional Metodologia de Investigação Epidemiológica Ética e Bioética em Pesquisa Bioestatística Aplicada à Nutrição Determinantes da Insegurança Alimentar e Nutricional Avaliação do Estado Nutricional Métodos Quantitativos em Saúde Estágio em Ensino I Estágio em Ensino II Estágio em Ensino III Tópicos Especiais em Nutrição I Disciplinas a serem oferecidas pela UFT: Estatística Experimental Redação Científica Bioética e Biossegurança Metodologia de Pesquisa Científica Bioquímica dos Alimentos Processos Fermentativos Fitoterapia e Plantas Medicinais Ao término de cada período letivo, é calculado o Coeficiente de Rendimento, que será a média ponderada das notas obtidas no período letivo, considerado como peso o número de créditos das respectivas disciplinas, calculado pela fórmula, na qual CR é o Coeficiente de Rendimento; Σ é o somatório; NF é a nota final da disciplina; e, C é o número de créditos da disciplina: CR=Σ(NF x C) / ΣC O Coeficiente de Rendimento será calculado com uma casa decimal, com arredondamento. As disciplinas cursadas no período de verão serão computadas no cálculo do Coeficiente de Rendimento do próximo período letivo em que o estudante vier a se matricular. A disciplina à qual se atribui conceito não fará parte do cálculo do Coeficiente de Rendimento Acumulado. O Coeficiente de Rendimento Acumulado é obtido em relação a todos os períodos cursados. O estudante que for reprovado em uma disciplina, com exceção das disciplinas Problemas Especiais e Tópicos Especiais, deverá repeti-la, e lhe será atribuída, como resultado final, a última nota obtida. Somente será conferido título ao estudante que, cumpridas as demais exigências, obtiver aprovação em todas as disciplinas constantes de seu histórico escolar, com exceção das disciplinas Problemas Especiais e Tópicos Especiais, e apresentar um Coeficiente de Rendimento igual ou superior a 75,0 (setenta e cinco inteiros). Será reprovado, para todos os efeitos previstos neste Regimento, o estudante que não alcançar frequência de, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) nas atividades didáticas programadas. Será desligado do Programa o estudante que se enquadrar em uma ou mais das situações especificadas a seguir, exceto nos casos em que o discente se matricular apenas em disciplinas desconsideradas no cômputo do Coeficiente de Rendimento: I - obtiver Coeficiente de Rendimento (CR), no primeiro semestre, inferior a 65,0 (sessenta e cinco inteiros); II - obtiver CR acumulado inferior a 75,0 (setenta e cinco inteiros), a partir do segundo semestre letivo; III - não integralizar os créditos necessários no prazo estabelecido no Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação; IV - for reprovado 2 (duas) vezes na mesma disciplina, exceto no caso de disciplinas específicas para cumprimento das exigências de língua estrangeira; V - obtiver dois conceitos N (Não-Satisfatório), consecutivos ou não, em Pesquisa; VI - for reprovado no exame de qualificação por 2 (duas) vezes; e VII - não completar qualquer um dos requisitos do Programa no prazo estabelecido. Programa Promotor: Conforme previsto no edital 23/2014, os candidatos aprovados no âmbito da proposta Dinter deverão cumprir um estágio obrigatório na Instituição Promotora, o que permitirá a conclusão de atividades acadêmicas necessárias para a conclusão do curso de doutorado (total de 48 créditos), treinamento em técnicas laboratoriais essenciais ao desenvolvimento do projeto, e vivenciar a rotina das equipes de pesquisa já estabelecidas pelos seus orientadores. O estágio obrigatório dos discentes será de nove a doze meses, que deverão ser cumpridos ao longo dos 36 primeiros meses da proposta Dinter aprovada, de maneira contínua ou não. A Instituição Receptora poderá definir, junto com a Instituição Promotora e com os discentes envolvidos, a escala de liberação para realização do estágio obrigatório, visando compatibilizar as atividades inerentes a UFT e ao PPGCN/UFV. As atividades a serem desenvolvidas durante os meses do estágio obrigatório na Instituição promotora serão: - Atividades acadêmicas em disciplinas, visando a formação profissional e cumprimento dos créditos; - Apresentação do projeto de pesquisa; - Participação nas atividades de pesquisa da equipe do orientador; - Padronização de metodologias a serem aplicadas no projeto de pesquisa; - Realização de análises específicas relacionadas ao projeto de pesquisa, que não podem ser realizadas na Instituição Receptora; - Qualificação. Considerando que as atividades do estágio obrigatório serão iniciadas no terceiro semestre a partir do início da vigência da Proposta Dinter (no primeiro e segundo semestres serão oferecidas disciplinas em modalidade concentrada na Instituição Receptora), os discentes deverão se matricular na disciplina Seminário II para apresentação de seus projetos de pesquisa. Na oportunidade, discentes regulares do Programa e orientadores participarão das apresentações, o que irá enriquecer as discussões e as sugestões para aprimoramento das atividades de pesquisa prevista. Durante o estágio obrigatório os discentes também serão estimulados a cursar disciplinas ofertadas regularmente pelos orientadores do Programa, além de outras regularmente oferecidas por outros Programas e do Domínio Conexo (e que não puderam ser listadas no presente formulários por não serem ministradas pelos docentes orientadores envolvidos diretamente com a proposta, mas podem ser visualizadas no site www.posnut.ufv.br), que não poderão ser oferecidas na modalidade concentrada na Instituição Receptora. Durante o estágio obrigatório, os discentes provenientes da proposta Dinter também irão integrar as equipes científicas de seus orientadores, acompanhando as suas atividades de pesquisa rotineiras e os projetos de pesquisa em andamento de mestrandos e doutorandos regulares do Programa. Isso permitirá a troca de experiências com outros discentes, e o acompanhamento de atividades acadêmicas fundamentais para o seu treinamento de doutorado. Durante esse período, o discente Dinter deverá se habituar a metodologias laboratoriais e procedimentos científicos que serão utilizados em seu projeto de pesquisa, visando o treinamento adequado para implantação do conhecimento adquirido em atividades na Instituição receptora. Enquanto na Instituição Promotora, os discentes Dinter terão acesso total a toda infraestrutura disponível para os discentes regulares do Programa, compatíveis com suas atividades científicas e acadêmicas. Uma sala de permanência com microcomputadores e acesso a internet ficará disponível e poderá ser utilizada pelos discentes, assim como a estrutura da biblioteca central, refeitórios e salas de aula. Haverá uso de tecnologia de educação à Distância (EAD)? Sim. Atualmente as instituições possuem várias ferramentas disponíveis para viabilizar a comunicação entre profissionais, além de permitir a ampliação da transmissão de conhecimentos. Assim, considerando a particularidade de algumas disciplinas que serão oferecidas na instituição promotora, as aulas poderão ser transmitidas por sistema de vídeoconferência para discentes localizados na instituição receptora. Essa ferramenta será explorada principalmente para disciplinas mais específicas, com menor número de discentes matriculados, o que não justificaria o deslocamento do docente da instituição promotora para o seu desenvolvimento acadêmico. Essas disciplinas são oferecidas regularmente pelos docentes do Programa, e havendo interesse dos discentes para cursá-las na Instituição receptora, essa ferramenta será viabilizada. Tanto a UFV como a UFT contam com equipamentos de videoconferência em centros especializados em educação a distância. Além da videoconferência, será também estimulada a utilização de ferramentas como Skype, permitindo a comunicação constante entre os discentes na Instituição Receptora e os docentes orientadores, além da comissão coordenadora, na Instituição Promotora. Nessas reuniões regulares entre discentes e comissão orientadora, a evolução dos projetos de pesquisa poderá ser avaliada, assim como questões pontuais sobre o desenvolvimento das atividades científicas na Instituição Receptora. Essas ferramentas também serão utilizadas para comunicações entre as coordenações, permitindo uma comunicação mais ágil entre os interessados. A UFV, especificamente, conta com uma moderna unidade de educação a distância, a Coordenadoria de Educação Aberta a Distância (CEAD, www2.cead.ufv.br), que conta com toda a infraestrutura necessária para viabilizar as atividades acadêmicas previstas na presente proposta, que demandam a comunicação não presencial. Ainda, a UFV conta com rede wireless de alta qualidade em todo o campus, viabilizando a comunicação por meio de internet de todos os locais. Em 2016 e 2017 alguns docentes do programa deslocaram-se para Palmas (TO) para ministrar as disciplinas das áreas de concentração, necessárias aos estudantes. Em 2017, todos os estudantes do DINTER defenderam o projeto de doutorado e um estudante foi submetido ao seu exame de qualificação. Em 2018, recebemos alguns dos estudantes para iniciarem suas atividades em nossos laboratórios para o desenvolvimento de seus projetos de doutorado. Em 2018 tivemos a defesa de tese de Anderson Baptista (30 meses) com 1 um artigo publicado (DOI: 10.1155/2018/3753562) em periódico com JCR de 4,593.

A UFT conta com várias unidades de pesquisa que são rotineiramente utilizados nas atividades acadêmicas do curso de Nutrição, Medicina e Enfermagem. Essa infraestrutura é suficiente para o desenvolvimento das atividades acadêmicas previstas, em coerência com o edital 23/2014. A seguir, todas as unidades são descritas. Possui um Laboratório Enfermaria Modelo (área de 83,85m2); um Laboratório de Epidemiologia (área total 32,70m2 destinada para pesquisa e discussões epidemiológicas); Biotério e Laboratório de Experimentação Animal (Multiusuário) com uma área de 84,83m2. O laboratório está equipado com vidrarias, reativos e equipamentos inerentes a sua função de pesquisa, além de centrífugas, aparelho para eletroforese, balança, capela de exaustão, microscópio ópticos, microscópio estereoscópico e Leitor de Elisa. O Laboratório de Microbiologia e Parasitologia com uma área de 85,94m2, e área de ensino de 69,20m2. Este laboratório possui duas subdivisões, sendo uma sala de 6,48m2 para preparação de materiais para microbiologia e uma sala de 10,26m2 para preparação de materiais para Parasitologia. O Laboratório de Biofísica, Fisiologia, Farmacologia e Patologia Clínica possui uma área total de 69,55m2. Possui 03 bancadas de parede, 02 bancadas centrais com prateleira central. O Laboratório de Cultura de células (área de 72,35m2) está destinado principalmente às atividades de pesquisa de docentes do curso de medicina da UFT complementado como Laboratório de Bioquímica, Imunologia e Genética (área de 72,45m2). O Laboratório de Anatomia Humana (área de 180,97m2), é composto por sala de peças secas (52,44m2), sala de peças úmidas (79,53m2), sala de cadáveres e banheiro para corpo técnico (49,00m2), tendo acesso a sala de tanques. O Laboratório de Citologia, Histologia e Anatomia Patológica (área total 78,14m2), sendo subdividido em duas áreas, uma de ensino (63,04m2) e outra de estudo e estoque (15,10m2). O Laboratório de técnicas cirúrgicas e o Laboratório de Fundamentos e Técnicas Básicas do Cuidado permite ao aluno conhecer as técnicas básicas do cuidado do paciente a partir das manobras básicas. O Laboratório de Obstetrícia e Neonatal (área de 60,37m2) está sendo equipado. O Laboratório de Técnica Dietética (área de 53,76m2) conta com 02 balanças analíticas com capacidade de 2 kg; 02 balanças eletrônicas digitais com capacidade de 3 kg; 02 balanças eletrônicas com capacidade de 10 kg; 01 balança semi-analítica com capacidade de 3kg; 06 fogões domésticos de 5 bocas; 05 liquidificadores domésticos; 02 microondas; 01 refrigeradores duplex; 01 freezer doméstico. O Laboratório de Avaliação Nutricional (área de 65,67m2) conta com 03 álbuns fotográficos de porções de alimentos; 02 antropômetros infantis portátil; 02 balanças digitais portátil de vidro para 180 kg; 06 balanças digitais tipo plataforma para 300 kg; 01 balança pediátrica digital capacidade para 16 kg; 16 fitas antropométricas, tipo trena em fibra de vidro com trava, com capacidade de 1,5m; 12 adipômetros de pressão, 06 trenas metálica com capacidade de 2 metros, 06 adipômetros digitais; 01 protótipo de mamas em tecido e madeira; 02 trena fibra de vidro circular com trava Sanny; 02 estadiômetros professionais da marca Sanny com capacidade de 2,10 metros. O Laboratório de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos (área de 41,33m²) está sendo equipado. O Laboratório de Ciências Básicas e da Saúde – LaCiBS, instalado no Complexo de Laboratórios da Nutrição, é dividido em 06 ambientes: laboratório para análises morfológicas (histologia) e bioquímicas, sala de estudo para alunos de pós-graduação, sala de reunião, 03 salas de professores. A Sala de Experimentação Animal, instalada no Complexo de Laboratórios da Nutrição conta com um rack com exaustão individual para acondicionar até duas espécies de animais, balança analítica, ultra-turrax digital. Além da infraestrutura da Receptora, o Programa Promotor conta com diversos laboratórios com equipamentos modernos e funcionais onde as atividades de pesquisa também serão desenvolvidas, permitindo o treinamento adequado dos discentes e padronização de metodologias analíticas a serem aplicadas na UFT. Conforme descrito nos relatórios periódicos da CAPES, os laboratórios onde as atividades de pesquisa do PPGCN/UFV são desenvolvidas contam com infraestrutura adequada, com apoios regulares de órgãos de fomento nacionais e internacionais, além de equipe técnica disponível para manutenção rotineira das atividades.

10.1. Estabelecer os prazos de todas as etapas e propostas Considerando as atividades descritas na proposta apresentada, o seguinte cronograma de atividades é inicialmente previsto: Antes do Primeiro Semestre (2015) - Abertura do Edital - Inscrição e seleção Primeiro semestre - Matrícula - Seleção de candidatos e definição de orientadores, coorientadores, e linhas de pesquisa - Oferecimento de disciplinas* concentradas na Instituição Receptora - Exame de proficiência em língua estrangeira, a ser realizada na Instituição Promotora - Estabelecimento de comunicação entre orientador e orientados para definição de projetos de pesquisa - Revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema a ser desenvolvido - Elaboração de relatório semestral de atividades *A definição de quais disciplinas serão oferecidas dependerá da demanda identificada, após a seleção dos discentes. Segundo semestre - Oferecimento de disciplinas* na Instituição Receptora - Oferecimento de disciplinas* por vídeo-conferência, quando for o caso - Apresentação de temas de pesquisa a serem pesquisados na disciplina NUT 798 Seminário II - Revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema a ser desenvolvido - Elaboração de relatório semestral de atividades - Workshop de avaliação do Programa Dinter *A definição de quais disciplinas serão oferecidas dependerá da demanda identificada, após a seleção dos discentes. Terceiro semestre - Desenvolvimento de estágio obrigatório na Instituição Promotora pelos discentes - Redação do projeto de pesquisa e apresentação na disciplina NUT 798 Seminário II - Ajustes do projeto de pesquisa, submissão ao Comitê de Ética (para pesquisas com humanos e animais) e registro no sistema de projetos da PPG/UFV e UFT - Padronização de técnicas e procedimentos na Instituição Promotora a serem aplicados em atividades de pesquisa na Instituição Receptora; - Oferecimento de disciplinas* na Instituição Promotora ou na Receptora - Execução de atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema a ser desenvolvido - Defesa do Projeto na Instituição Promotora - Elaboração de relatório semestral de atividades *A definição de quais disciplinas serão oferecidas dependerá da demanda identificada, após a seleção dos discentes. Quarto semestre - Desenvolvimento de estágio obrigatório na Instituição Promotora por parte dos discentes - Redação do projeto de pesquisa e apresentação na disciplina NUT 798 Seminário II - Ajustes do projeto de pesquisa e registro no sistema de projetos da PPG/UFV e UFT - Padronização de técnicas e procedimentos na Instituição Promotora a serem aplicados em atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Defesa do Projeto na Instituição Promotora - Execução de atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema a ser desenvolvido - Elaboração de relatório semestral de atividades Quinto semestre - Execução de atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Visitas técnicas de orientadores na Instituição Receptora - Atualização da revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema de pesquisa - Qualificação de parte dos discentes - Redação de artigos científicos derivados dos resultados de pesquisa obtidos e submissão a periódicos com fator de impacto no JCR - Elaboração de relatório semestral de atividades Sexto semestre - Execução de atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Visitas técnicas de orientadores na Instituição Receptora - Atualização da revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema de pesquisa - Qualificação de parte dos discentes - Redação de artigos científicos derivados dos resultados de pesquisa obtidos e submissão a periódicos com fator de impacto no JCR - Elaboração de relatório semestral de atividades - Workshop de avaliação do Programa DINTER Sétimo semestre - Execução de atividades de pesquisa na Instituição Receptora - Visitas técnicas de orientadores na Instituição Receptora - Atualização da revisão bibliográfica pelos discentes sobre o tema de pesquisa - Redação de artigos científicos derivados dos resultados de pesquisa obtidos e submissão a periódicos com fator de impacto no JCR - Defesa de Tese de parte dos discentes que já publicaram, ao menos, um artigo científico - Elaboração de relatório semestral de atividades Oitavo semestre - Defesa de Tese de parte dos discentes que já publicaram, ao menos, um artigo científico - Workshop final de avaliação do Programa DINTER


Instituição Promotora

JOSEFINA BRESSAN
32002017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA (UFV)
36570900
Avenida Peter Henry Rolfs
-
s/n
Campus Universitário
Viçosa - MG
(31) 38992541
(31) 38991634
(31) 3899-1513
(31) 3899-1513
(31) 38992200
(31) 3612-7625
(31) 38992101
(31) 38992108
(31) 3899.1010
(-) º
(31) 38992541
(31) 38992108
(-) -
(31) 38992100
(31) 38994010
(31) 38990000
(31) 38994010
(34) 38559389
(31) 38994012
(31) 38992267
(31) 38994014
(31) 38994010
(31) 38992642
(31) 38992596
(31) 38992580
(31) 38992373
(31) 39992490
(31) 38991457
(31) 38993530
(31) 39812267
(31) 38992763
(31) 38991347
(31) 38993038
(31) 38993176
(31) 38992642
(31) 38993145
(31) 38992735
(31) 38991483
(31) 38992573
(31) 38992553
(31) 38992510
(31) 38992219
(31) 38992214
(31) 38991419
(31) 38992648
(31) 38992249
(31) 38991689
(31) 38993088
(31) 38993400
(31) 38992483
(31) 38992469
(31) 38991665
(31) 38991760
(31) 38992410
(34) 38559331
(31) 38992226
(31) 38992394
(31) 38993881
(31) 38992578
(31) 38991347
(31) 35363300
(31) 38991870
(31) 38991965
(31) 38992035
(31) 38991537
(31) 38992515
(31) 87631407
(31) 38992370
(31) 38992478
(31) 38992108
(31) 38993038
(31) 38993400
(34) 38559389
(31) 38991760
(31) 38992735
(31) 38992596
(31) 38991347
(31) 38992483
(31) 38992370
(34) 38559331
(31) 38991483
(31) 38992553
(31) 38992219
(31) 39992490
(31) 38912166
(31) 38992578
(31) 38992488
(31) 38992370
(31) 38992214
(31) 38991965
(31) 38991052
(31) 38992035
(31) 38991665
(31) 38993530
(31) 35363300
(31) 38992373
(31) 38993176
(31) 38992573
(31) 38992510
(31) 38991347
(31) 38994010
(31) 38991457
(31) 38992763
(31) 38992432
(31) 38992393
(31) 38993881
(31) 38992735
(31) 38992478
(31) 38991665
(31) 38992148
(31) 38994388
(31) 38991583
(31) 38992890
(31) 38992732
(38) 992101
(31) 38992629
(31) 38991859
(31) 38992146
(31) 38992632
(31) 38993038
(31) 38992765
(31) 38994014
(31) 38992398
(31) 38992214
(31) 38992410
(31) 38993088
(31) 38992100
(31) 38992580
(31) 35363361
(31) 38991630
(31) 38993530
(31) 38992469
(31) 38993145
(31) 38993365
(31) 38992480
(31) 38991583
(31) 39812267
(31) 38992642
(31) 8991419
(31) 38992519
(31) 38991760
(31) 38992899
(31) 38992394
(31) 38993039
(31) 38992226
(31) 38992469
(31) 38991537
(31) 38992214
(38) 992101
(31) 38993145
(31) 38992648
(31) 38992147
(31) 38991419
(31) 87631407
(31) 38991870
(31) 38992249
(31) 38992614
(31) 38991689
(31) 38992148
(31) 38992717
(31) 38992267
(31) 3899226722
(31) 38991457
(31) 38992553
(38) 992035
(31) 38992478
(31) 38991870
(31) 38992488
(31) 38991632
(31) 38992100
(31) 38992432
(31) 38991480
(31) 38992480
(31) 38992393
(31) 38992156
(31) 38992148
(31) 3899-1010
(31) 38912166
(31) 3899-2200
(31) 38992147
(31) 38992614
(31) 35363361
(31) 38991583
(31) 38992370
(31) 38991052
(31) 38991630
(31) 38993981
(31) 38993981
(31) 38992147
(31) 36125054
(31) 36126050
(31) 36126205
(31) 38991903
(31) 38912166
(31) 36126151
(31) 36124161
(31) 36127624
(31) 36125302
(31) 36124004
(31) 36127626
(31) 36125512
(31) 36124448
(31) 36124006
(31) 36127401
(31) 36124807
(31) 36124008
(31) 36126254
(31) 36126760
(31) 36126254
(31) 36126705
(31) 36125186
(31) 36125187
pr.ppg@ufv.br

Instituição(ões) Receptora(s)

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

GUILHERME NOBRE L DO NASCIMENTO
77.001-090
Avenida NS 15 109 Norte
-
-
Plano Diretor Norte
Palmas - TO
(63) 32328039
(31) 38991634
(31) 3899-1513
(31) 3899-1513
(31) 38992200
(31) 3612-7625
(31) 38992101
(31) 38992108
(31) 3899.1010
(-) º
(31) 38992541
(31) 38992108
(-) -
(31) 38992100
(31) 38994010
(31) 38990000
(31) 38994010
(34) 38559389
(31) 38994012
(31) 38992267
(31) 38994014
(31) 38994010
(31) 38992642
(31) 38992596
(31) 38992580
(31) 38992373
(31) 39992490
(31) 38991457
(31) 38993530
(31) 39812267
(31) 38992763
(31) 38991347
(31) 38993038
(31) 38993176
(31) 38992642
(31) 38993145
(31) 38992735
(31) 38991483
(31) 38992573
(31) 38992553
(31) 38992510
(31) 38992219
(31) 38992214
(31) 38991419
(31) 38992648
(31) 38992249
(31) 38991689
(31) 38993088
(31) 38993400
(31) 38992483
(31) 38992469
(31) 38991665
(31) 38991760
(31) 38992410
(34) 38559331
(31) 38992226
(31) 38992394
(31) 38993881
(31) 38992578
(31) 38991347
(31) 35363300
(31) 38991870
(31) 38991965
(31) 38992035
(31) 38991537
(31) 38992515
(31) 87631407
(31) 38992370
(31) 38992478
(31) 38992108
(31) 38993038
(31) 38993400
(34) 38559389
(31) 38991760
(31) 38992735
(31) 38992596
(31) 38991347
(31) 38992483
(31) 38992370
(34) 38559331
(31) 38991483
(31) 38992553
(31) 38992219
(31) 39992490
(31) 38912166
(31) 38992578
(31) 38992488
(31) 38992370
(31) 38992214
(31) 38991965
(31) 38991052
(31) 38992035
(31) 38991665
(31) 38993530
(31) 35363300
(31) 38992373
(31) 38993176
(31) 38992573
(31) 38992510
(31) 38991347
(31) 38994010
(31) 38991457
(31) 38992763
(31) 38992432
(31) 38992393
(31) 38993881
(31) 38992735
(31) 38992478
(31) 38991665
(31) 38992148
(31) 38994388
(31) 38991583
(31) 38992890
(31) 38992732
(38) 992101
(31) 38992629
(31) 38991859
(31) 38992146
(31) 38992632
(31) 38993038
(31) 38992765
(31) 38994014
(31) 38992398
(31) 38992214
(31) 38992410
(31) 38993088
(31) 38992100
(31) 38992580
(31) 35363361
(31) 38991630
(31) 38993530
(31) 38992469
(31) 38993145
(31) 38993365
(31) 38992480
(31) 38991583
(31) 39812267
(31) 38992642
(31) 8991419
(31) 38992519
(31) 38991760
(31) 38992899
(31) 38992394
(31) 38993039
(31) 38992226
(31) 38992469
(31) 38991537
(31) 38992214
(38) 992101
(31) 38993145
(31) 38992648
(31) 38992147
(31) 38991419
(31) 87631407
(31) 38991870
(31) 38992249
(31) 38992614
(31) 38991689
(31) 38992148
(31) 38992717
(31) 38992267
(31) 3899226722
(31) 38991457
(31) 38992553
(38) 992035
(31) 38992478
(31) 38991870
(31) 38992488
(31) 38991632
(31) 38992100
(31) 38992432
(31) 38991480
(31) 38992480
(31) 38992393
(31) 38992156
(31) 38992148
(31) 3899-1010
(31) 38912166
(31) 3899-2200
(31) 38992147
(31) 38992614
(31) 35363361
(31) 38991583
(31) 38992370
(31) 38991052
(31) 38991630
(31) 38993981
(31) 38993981
(31) 38992147
(31) 36125054
(31) 36126050
(31) 36126205
(31) 38991903
(31) 38912166
(31) 36126151
(31) 36124161
(31) 36127624
(31) 36125302
(31) 36124004
(31) 36127626
(31) 36125512
(31) 36124448
(31) 36124006
(31) 36127401
(31) 36124807
(31) 36124008
(31) 36126254
(31) 36126760
(31) 36126254
(31) 36126705
(31) 36125186
(31) 36125187
ppgletras@uft.edu.br


Documentos