Dados da Disciplina

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI
Saúde, Sociedade e Ambiente (32010010007P4)
VIGILANCIA EM SAÚDE
SSA
630
3
01/01/2012 à -
Não
Aspectos conceituais e históricos da vigilância epidemiológica, nutricional e ambiental. Ocorrência das doenças e dinâmica das doenças infecciosas e nutricionais ocasionadas pelo estado nutricional. Validade e reprodutibilidade de instrumentos de diagnóstico. Monitoramento em estudos epidemiológicos. Conceitos de risco e causa de doenças. Mensuração de associações ambientais, hábitos de consumo, em alimentos. Investigação de surtos em doenças relacionadas à Nutrição. Operacionalização e organização dos sistemas de vigilâncias em saúde pública. Os Sistemas Nacionais de Vigilância Epidemiológica, de Vigilância Nutricional. e de Vigilância Ambiental. Objetivos: apresentar e discutir o tema vigilância epidemiológica. nutricional e ambiental, refletir sobre o planejamento, monitoramento e avaliação das ações de prevenção e controle de doenças.
1. ALMEIDA, E.S.; CASTRO, C.G. J.; VIEIRA, C.A.L. Distritos sanitários: concepção e organização. Para gestores municipais de serviços de saúde. 2ª. ed. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública, 2002. 2. BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Subsídios para construção da Política Nacional de Saúde Ambiental / Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Saúde. Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2007. 3. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Departamento de Apoio à Descentralização. Coordenação-Geral de Apoio à Gestão Descentralizada. Diretrizes operacionais dos pactos da vida, em defesa do SUS e de gestão.76 p.(Série A: Normas e Manuais Técnicos).Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 4. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de Vigilância Epidemiológica / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. 6. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 816 p. (Série A. Normas e Manuais Técnicos) 5. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Curso básico de Vigilância Epidemiológica. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 6. BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Saúde no Brasil - Contribuições para a Agenda de Prioridades de Pesquisa. Ministério da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2004. 7. CARVALHO, S.R. Saúde coletiva e promoção da Saúde: sujeito e mudança. São Paulo: Hucitec, 2005. 8. HARRISON, K, BOST, KK, MCBRIDE, BA, DONOVAN, SM, GRIGSBY-TOUSSAINT, DS, KIM, J, LIECHTY, JM, WILEY,A. TERAN-GARCIA, M, JACOBSOHN , GC. Toward a Developmental Conceptualization of Contributors to Overweight and Obesity in Childhood: The Six-Cs Model. Child Development Perspectives, Volume 5, Number 1, Pages 50–58, 2011. 9. HISSA, C.E.V. (Organizador). Saberes ambientais: Desafios para o conhecimento disciplinar. Editora UFMG : Belo Horizonte, 2008. 311p. 10. KAC,G; SICHIERI,R.; GIGANTE, D.P. (org). Epidemiologia nutricional. Rio de Janeiro: Fiocruz/Atheneu. 2007. 11. PAPINI, S. Vigilância em saúde ambiental. Editora Atheneu. 2008, 206p. 12. PHILIPPI JR., Arlindo. Saneamento, saúde e meio ambiente: Fundamentos para um desenvolvimento sustentável. São Paulo. Ed. Manole, 2005. 13. UFSC. Centro de Ciências da Saúde. Especialização em Saúde da Família - Modalidade a Distância. Vigilância em saúde. Florianópolis: UFSC, 2010. 14. VAUGHAN J.P. Epidemiologia para municípios: Manual para gerenciamento dos distritos sanitários. 3a ed. São Paulo: HUCITEC, 2002. Série Saúde em Debate.

Cursos

Saúde, Sociedade e Ambiente
Mestrado Profissional
45

Áreas de Concentração

INTERDISCIPLINAR