Dados da Disciplina

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E SAÚDE (31001017106P0)
AUDIOVIS NA EDUC EM CIÊNCIAS E SAÚDE: TEORIA, HIST E PERSPEC
NUT
767
4
01/01/2012 à -
Não
Fundamentos do Audiovisual na Pedagogia: relações entre as teorias pedagógicas e as teorias do cinema. O audiovisual educativo em Ciências e Saúde: usos, dificuldades de definição e dispersão histórica. História do audiovisual educativo no Brasil e suas relações com as Ciências e a Saúde. Os Institutos de cinema educativo no Brasil e no mundo nos anos 1930, 40 e 50. Pespectivas e tendências contemporâneas da comunicação audiovisual na Educação em Ciências e Saúde.
ALMEIDA, Cláudio Aguiar. O Cinema como Agitador de Almas – “Argila”, uma cena do Estado Novo. São Paulo: Annablume/Fapesp, 1999. BARBERO, J. Martín & REY, Germán. “Disseminação do saber e novos modos de ver/ler”, in Os Exercícios do Ver. São Paulo: Senac, 2001. BELLONI, Maria Luiza & SUBTIL, Maria José. “Dos audiovisuais à multimídia: análise histórica das diferentes dimensõoes de uso dos audiovisuais na escola”. In BELLONI, Maria Luiza (org.). A formação na sociedade do espetáculo. São Paulo: Loyola, 2002. CAMPOS, Roselane Fátima e SHIROMA, Eneida Oto. “O resgate da Escola Nova pelas reformas educacionais contemporâneas”. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 80, n. 196, p.483-493, set./dez. 1999. CANCLINI, N. Consumidores e Cidadãos. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2001. CATELI, Rosana Elisa. “Cinema e Educação em Grierson”. Revista Eletrônica Aruanda/Mnemocine, 2003. Disponível em: www.mnemocine.com.br/cinema DA-RIN, Silvio. Espelho Partido – Tradição e Transformação do Documentário. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2004. DUARTE, B.J. “O Filme Científico”, in Filme Cultura nº 14, abril/maio 1970. FRANCO, G. A. L. “A Tecnologia Educacional do vídeo no Ensino Superior. Subsídios para a leitura crítica de documentarios”, Tecnologia Educacional, 136-137, mai-ago 1997, p. 20-23. HERSCHMANN, Micael. A arte do operatório. Medicina, naturalismo e positivismo, 1900-1937. In _____ & PEREIRA, C. A. M. (Orgs.). A invenção do Brasil moderno. Rio de Janeiro: Rocco, 1994. KULESZA, W. “Genealogia da Escola Nova no Brasil”, in Educação em Foco. Juiz de Fora. v. 7, n. 2, p. 83-92, fev., 2002. LEANDRO, Anita. “Da imagem pedagógica à pedagogia da imagem”, in Comunicação & Educação, ano VI, n. 21. SP: USP/Moderna, mai/ago. 2001. LEVY, P. As Tecnologias da Inteligência – O futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993. ________ O que é o Virtual? Rio de Janeiro: Editora 34, 1996. LUCKESI, C. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1994. MACHADO, Arlindo. “O Cinema antes do Cinema” e in Pré-Cinemas & Pós-Cinemas. Campinas: Papirus, 1997a. __________________ “O fim do livro”, in Pré-Cinemas & Pós-Cinemas. Campinas: Papirus, 1997b. MORETTIN, Eduardo. “Cinema Educativo: uma abordagem histórica, in Comunicação e Educação, vol. 4, nº 13-19. São Paulo, set/dez. 1995. MORRONE, M. Lúcia. Cinema e Educação: a participação da “imagem em movimento” nas diretrizes da educação nacional e nas práticas pedagógicas escolares. Dissertação de mestrado: FEUSP, 1997. PEREIRA, M & FAUSTO NETO, A. Comunicação e Cultura contemporâneas. Rio: Notrya, 1993. SALIBA, Maria Eneida Fachini. Cinema contra Cinema – O cinema educativo de Canuto Mendes (1922-1931). São Paulo: Annablume, 2003. REIA-BAPTISTA, Vitor. “O Valor Pedagógico do Cinema: os casos Edson e Lenin”, in Ambitos n.13-14, Sevilha, 2005, 213-229. ROQUETTE-PINTO, E. “Cinema Educativo”, in Estudos Brasileiros, ano 1 nº 1. Rio de Janeiro: IEB, jul/ago. 1938. SCHVARZMAN, Sheila. “O livro das letras luminosas - Humberto Mauro e o Instituto de Cinema Educativo”. In: FABRIS, Mariarosaria (org.). Estudos Socine de Cinema, Ano III. Porto Alegre: Sulina, 2003. ROSA, Cristina. O Cinema Educativo através dos discursos de Mussolini e Vargas,disponível em: www.mnemocine.com.br/cinema/anpuh2005/anpuh2005i.htm. SIQUEIRA, Vera Helena. “O vídeo educativo produzido pelo Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde/UFRJ: Uma visão crítica”, in Revista Brasileira de Educação Médica, 22: 77-82, 1998. WINSTON, Brian. “The Documentary as Scientific Inscription”, in RENOV, Michael. Theorizing Documentary. Nova York: Routledge, 1993.

Cursos

EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E SAÚDE
Mestrado
60