Dados da Disciplina

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
MÉTODOS DE ABORDAGEM DO TEXTO LITERÁRIO
LE
12131
3
05/05/2015 à -
Não
Estudo das principais correntes de estudo do texto literário: da Estilística literária; do Formalismo russo; do New criticism; do Estruturalismo; da Sociologia da literatura; da Semiótica Literária; e da Teoria da Recepção.
ARISTÓTELES, LONGINO, HORÁCIO . A poética clássica. Trad. Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 1990. AUERBACH, Eric. Mimesis: a representação da realidade na literatura ocidental. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 2004. BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoievski. Rio de Janeiro: Forense-Universitária: 1981. Dantas e outros. São Paulo: Cultrix, 1974. BARTHES, Roland. Crítica e verdade. São Paulo: Brasiliense, 1982. _____. O prazer do texto. São Paulo: Perspectiva, 1977. _____.. S/Z. São Paulo: Martins Fontes, 1980. _____. Novos Ensaios Críticos. O Grau Zero da Escritura. Trad. Heloysa de Lima BEARDSLEY, M. C., WIMSATT, W. K. A falácia intencional. In: COSTA LIMA, Luiz. Teoria da literatura em suas fontes. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1983. Vol. II. p. 86-102. BERGEZ, D. et al. Métodos críticos para a análise literária. Trad. Olinda M. R. Prata. São Paulo: Martins Fontes, 2006. BORBA, M. A. J. de O. Tópicos de teoria literária: para a investigação do discurso literário. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004. BOSI, Alfredo (org.). Leitura de poesia. São Paulo: Ática, 2007. CANDIDO, A. Literatura e sociedade: estudos de teoria e história literária. São Paulo: Nacional, 1985. _____. O estudo analítico do poema. 4. ed. São Paulo, Humanitas, 2004. _____. Na sala de aula. Caderno de análise literária. São Paulo, Ática, 1985. CARONTINE, E; PERAYA, D. O projeto semiótico: elementos de semiótica geral. São Paulo: Cultrix: Editora da Universidade de São Paulo, 1979. COHEN, K. O New Criticism nos Estados Unidos. In: COSTA L. Luiz. Teoria da literatura em suas fontes. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1983. Vol. II. p. 3-35. COMPAGNON, A. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Belo Horizonte. UFMG, 1999. CULLER, J. Sobre a desconstrução: teoria e crítica do pós-estruturalismo. Rio de Janeiro: Rosa dos Ventos, 1997. CYNTRÃO, S. H. Como ler o texto poético: caminhos contemporâneos. Brasília: Editora Plano, 2004. DERRIDA, J. A escritura e a diferença. São Paulo: Perspectiva, 1971. _____. A gramatologia. São Paulo: Perspectiva, 1973. EAGLETON, T. A função da crítica. São Paulo: Martins Fontes, 1991. _____. Teoria da literatura: uma introdução. Trad. Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 1983. ECO. U. Lector in fábula. São Paulo: Perspectiva, 1986. EIKHENBAUM. B. et. al. Teoria da literatura: formalistas russos. Porto Alegre: Globo, 1976. FREADMAN, R e SEUMAS, M. Repensando a Teoria: uma crítica da teoria literária contemporânea. Tradução de Agnaldo José Gonçalves e Álvaro Hattnher. São Paulo: UNESP, 1994. _____. O caminho crítico. São Paulo: Perspectiva, 1973b. FRYE, N. Anatomia da crítica. São Paulo: Cultrix, 1973a. ISER, W. O ato de leitura: uma teoria do efeito estético. São Paulo: 34, 1996. _____. Problemas da teoria da literatura atual: o imaginário e os conceitos chaves da época. In: LIMA, L. C. Teoria da literatura em suas fontes. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1975. p. 927-953. _____. O jogo do texto. In: In: LIMA, L. C. A literatura e o leitor: textos de estética da recepção. Trad. Luiz Costa Lima. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002. JAKOBSON, R. Lingüística e Poética. Lingüística e Comunicação. São Paulo: Cultriz, 2003. p. 118-162. literatura em suas fontes. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1983. . JAUSS, Hans Robert et. al. A estética da recepção: colocações gerais. In: A literatura e o leitor: textos de estética da recepção. Trad. Luiz Costa Lima. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. _____. A história da literatura como provocação à teoria literária. São Paulo: Ática, 1994. _____. O texto poético na mudança de horizonte de leitura. In: LIMA, L. C. Teoria da LIMA, L. C. Teoria da literatura em suas fontes. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1975. _____. A análise sociológica da literatura. In: Teoria da literatura em suas fontes. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1975. p. 659-68. _____. (org.). A literatura e o leitor. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. _____. Mímesis: desafio ao pensamento. Rio de janeiro: Civilização Brasileira: 2000. MAINGUENAEAU, Dominique. O contexto da obra literária: enunciação, escritos, sociedade. Trad. Maria Appenzeller. São Paulo: Martins, 1995. MOTTA, L. T. da Sobre a crítica literária no último meio século. Rio de Janeiro: Imago, 2002. MUKAROVSKY, J. Sobre o estruturalismo. In: Escritos sobre estética e semiótica da arte. Lisboa: Editorial Estampa, 1997. ______. O estruturalismo na estética e na ciência literária. In: TOLEDO, D. (org.) Círculo lingüístico de Praga: estruturalismo e semiologia. Porto Alegre: Globo, 1978. PEIRCE, C. S. Semiótica. 3. ed. São Paulo. Perspectiva, 2003. PIGNATARI, D. Introdução à semiótica: uma ciência que ajuda a “ler” o mundo. In: Semiótica e literatura. 6. ed. Cotia, SP: Ateliê editorial, 2004. PERRONE-MOISÉS. Altas literaturas: escolha e valor na obra crítica de escritores modernos. São Paulo: Companhia das Letras,1998. PLATÃO. A República. Tradução Leonel Vallandro. Rio de Janeiro: Globo, 1964. RALLO, E. R. Métodos de crítica literária. São Paulo: Martins Fontes, 2005. REIS, C. Técnicas de análise textual: introdução à leitura crítica do texto literário. Coimbra: Almedina, 1981. ROGER, J. A crítica literária. Rio de Janeiro: DIFEL, 2002. SAMUEL, Rogel et al. Manual de Teoria Literária. Petrópolis: Vozes, 1984. SARTRE, Jean-Paul. O que é a Literatura? São Paulo: Ática, 1989. SILVA, V. M. de A. e. Teoria da literatura: uma introdução. Coimbra: Livraria Almedina, 1991. SOUZA, E. M. de. Crítica Cult. Belo Horizonte: UFMG, 2002. SOUZA, R. A. Formação da teoria da literatura. Rio de Janeiro: EDUFF, 1987. TADIÉ, J. A crítica literária no século XX. Tradução Wilma Freitas, Ronald de Carvalho. Rio de Janeiro: Bertrand, 1992. TODOROV, T. Estruturalismo e Poética. 4. ed. São Paulo: Cultriz, 1976. _____. A herança metodológica do formalismo. As estruturas narrativas. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1979. p. 27-52. _____. Poética da prosa. Trad. Maria de Santa Cruz. Edições 70, 1979. WELLEK R. e WARREN A. Teoria da Literatura. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

Cursos

LETRAS
Mestrado
45
LETRAS
Doutorado
45

Áreas de Concentração

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO