Dados da Disciplina

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
LINGUAGEM E DISCURSO
LE
12071
4
05/05/2015 à -
Sim
Estudos da linguagem, sob a ótica do sócio-interacionismo, envolvendo abordagens sócio-culturais, textuais e discursivos e a análise de textos e discursos.
AUTHIER-REVUZ, J. Hétérogénéité montrée et hétérogénéité constittutive. In: DRLAV-Revue de Linguistique, 26, 1982. BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoievski. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005. BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. BAKHTIN, M. (V. N. VOLOCHÍNOV). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. 12. ed. São Paulo: Editora Hucitec, 2006. BRAIT, B. (org.). Bakhtin, dialogismo e construção de sentido. Campinas/SP: Editora da UNICAMP, 1997. BRAIT, B. (org.). Estudos enunciativos no Brasil: histórias e perspectivas. Campinas, SP: Pontes; São Paulo: FAPESP, 2001. CASSASSOLA, P. et al. Janelas bakhtinianas: refrações, reflexões e rascunhos. São Carlos: Pedro e João Editores, 2008. CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006. CHARAUDEAU, P. Discurso político. São Paulo: Contexto, 2006. CLARK, K.; HOLQUIST, M. Mikhail Bakhtin. (Trad. J. Guinsburg). São Paulo: Perspectiva, 2008. FARACO, C. A.; TEZZA, C.; CASTRO, G.(orgs.). Diálogos com Bakhtin. 4. ed. Curitiba: Editora UFPR, 2007. GERALDI, J. W. Ancoragens: estudos bakhtinianos. São Carlos: Pedro e João Editores, 2010. GRILLO, S. V. C. A noção de campo nas obras de Bourdieu e do Círculo de Bakhtin: suas implicações para a teorização dos gêneros do discurso. In: Revista da ANPOLL. Campinas, SP: ANPOLL, n. 19, jul./dez. 2005. GUIMARÃES, I. A. O dialogismo: uma perspectiva marxista da linguagem. In: Mikhail Bakhtin: contribuições para a filosofia da linguagem e estudos discursivos. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzato, 2005. MACHADO, I. A. Texto como enunciação. A abordagem de Mikhail Bakhtin. In: Língua e Literatura, Depto. De Letras, USP, nº22, p.89-105, 1996. MAINGUENEAU, D. Genèses du discours. Bruxelles: Pierre Mardaga Editeur, 1984. MEDIVIÉDEV, P. N. O método formal nos estudos literários: introdução crítica a uma poética sociológica. Trad. Ekaterina Vólkova Américo e Sheila Camargo Grillo. São Paulo: Contexto, 2012. MOTTA-ROTH, D. Escritura, gêneros acadêmicos e construção do conhecimento. In: http://www.ufsm.br/labler/publi/escritur.htm - Acesso em 24.01.2009. PAULA, L.; STAFUZZA, G. (orgs.). Círculo de Bakhtin: diálogos impossíveis. v. 2. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2010. PINTO, A. P. Gêneros textuais e ensino de línguas: reflexões sobre aprendizagem e desenvolvimento. In: Revista do GELNE. Fortaleza: GELNE, ano 1, n. 4, 2004. RIBEIRO, A. P. G.; SACRAMENTO, I. (orgs.). Mikhail Bakhtin: linguagem, cultura e mídia. São Carlos: Pedro e João, 2010.

Cursos

LETRAS
Mestrado
60
LETRAS
Doutorado
60

Áreas de Concentração

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO